Todo cidadão brasileiro precisa de visto para embarcar para Austrália, independente do motivo da viagem, seja para trabalhar, estudar ou a turismo. Os interessados em estudar na Austrália podem aplicar tanto para visto de turista como de estudante. Porém, como turista o tempo máximo de curso é de 3 meses e não é permitido trabalhar no país.
 

O processo de solicitação de visto para Austrália no Brasil é realizado online através de uma despachante que juntamente com nossos consultores irão orientá-lo durante todo o processo. 
 

A maioria dos estudantes conseguem empregos casuais de meio expediente em algum momento de seus estudos. Normalmente eles conseguem trabalho em restaurantes, hotéis, lojas e as funções variam de acordo com o nível de inglês de cada pessoa.
 

O cidadão brasileiro com visto de estudante na Australia, pode trabalhar legalmente até no máximo 40 horas quinzenais e horas ilimitadas durante o período de ferias.
Membros da família do estudante que o acompanham durante o período de estudos também podem trabalhar a mesma carga horária.

Não. É proibido trabalhar legalmente com visto de turista.

Todo estudante recém-chegado na Australia, deverá providenciar o mais rápido seu registro do Tax File Number (online), que é uma espécie de CPF. Em algumas atividades, o empregador pode solicitar o ABN, que é o registro de autônomos Australiano. Também é preciso ter um modelo de curriculo.
Todo esse suporte inicial é feito por nosso representante na Australia

Na Austrália as contas são semanais, assim como o salário. O trabalhador recebe por hora de trabalho e geralmente fica torno de AU$15 a AU$20 por hora nas funções desempenhadas por estudantes. 

As grandes cidades como Sydney, Brisbane, Melbourne e Perth geralmente oferecem maior oportunidade de trabalho comparando com cidades menores como Gold Coast e Byron Bay.

Carregando...